Se Candidate, Mulher!

O que é a Síndrome do Impostor?

Síndrome do Impostor. Você já ouviu falar? Foi o tema da nossa primeira Newsletter. O assunto é importante e esse é o post 1 de 3 sobre o assunto. ⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Lembra daquela pesquisa da HP que a gente já falou por aqui? Segundo ela, a Síndrome do Impostor leva as mulheres a pensarem que só são capazes a se candidatarem a uma vaga de emprego ou promoção quando possuem T O D O S os requisitos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E tem mais, segundo uma pesquisa realizada pelo LinkedIN:
– As mulheres se candidatam 20% menos a vagas de emprego do que os homens;
– Elas são 16% menos propensas a disputar uma vaga de depois de vê-la;
– E tem 26% menos de chance de pedir referências a antigos chefes ou parceiros.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A síndrome do impostor acontece quando a pessoa tem dificuldade em aceitar e reconhecer suas conquistas, pois acredita que todo o seu sucesso e êxito se devem à sorte ou porque alguém ajudou. Assim, a pessoa acredita que é “não é isso tudo que os outros pensam”, e que a qualquer momento alguém irá desmascará-la.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Esta síndrome é muito comum em jovens no início de carreira ou em pessoas que têm profissões competitivas, como atletas, artistas, líderes e empresários.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ou seja, qualquer pessoa pode desenvolver esta síndrome, e em qualquer idade, sendo mais comum quando se está em uma posição de ser alvo de julgamentos do desempenho, como ao receber uma promoção no trabalho ou iniciar um novo projeto. Apesar disso, parece que nas mulheres a tendência é ainda maior de se sentirem dessa forma. ⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Há várias explicações pra isso, e uma delas é a nossa cultura não é? Especialistas dizem que os homens estão mais propensos a correr riscos do que as mulheres devido a criação que lhes é dada desde a infância.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Agora que esclarecemos o que é, amanhã falaremos como identificar.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Se identificou? Conhece alguma mulher que já passou sobre isso? 

#compartilhacomasamigas! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#mulher #sindromedoimpostor #autoconfianca #autoconhecimento #secandidatemulher

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *